Fim de edital de bolsas PaEPE deixa mais de 500 alunos desassistidos na Ufes

Estudantes bolsistas da Universidade Federal do ES estão desesperados, isso porque encerra nesta sexta-feira (31/8) o edital que confere bolsas para que alunos possam atuar como monitores em salas de aula, laboratórios ou em setores administrativos de bibliotecas e colegiados, por exemplo.

As bolsas dos Projetos de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão - PaEPE I e II, segundo a universidade, atendem hoje 530 estudantes.  A seleção dos bolsistas leva em consideração critérios de vulnerabilidade sócioeconômica e mérito acadêmico.

A notícia sobre o fim do edital circulou via mensagens eletrônicas entre estudantes, professores e técnicos, causando insegurança geral.  O  representante do Coletivo Negrada, o estudante bolsista João Victor dos Santos, afirma que o clima é de incerteza. De acordo com ele, muitos alunos perderão parte da renda ou a renda total, e portanto poderão ter  seus planos de estudos interrompidos. O valor da bolsa PAEP é de 400,00.

Ouça a entrevista abaixo:

O Pró-reitor de Planejamento da Ufes, Anilton Salles Garcia, confirmou que a universidade aguarda a liberação de R$ 850 mil por parte do MEC para restabelecer a normalidade da concessão  das bolsas Paep I e Paep 2.  O  governo federal, no entanto, até agora não sinalizou pelo desbloqueio, o que significa que não haverá prorrogação  dos referidos editais.  Caso ocorra confirmação do MEC para a reinstauração das bolsas, a universidade precisará de, no mínimo, 30 dias para lançar novo edital para dar início as contratações.

Fonte: Adufes  

ANDES