Quarta, 14: Adufes promove debate sobre Future-se/MEC

A secretária-geral do ANDES-SN, Eblin Farage, professora da Escola de Serviço Social da UFF, será a debatedora da Mesa. O evento é aberto não somente a filiados/as, mas a todos os interessados.

Com o objetivo de esclarecer e discutir com a comunidade acadêmica o mais recente programa do MEC, que visa reformular o modelo de gestão das universidades, a Adufes realiza nesta quarta-feira, 14, às 15 horas, o debate Future-se: a privatização  da Universidade Pública.  

Visto como um programa fomentador de uma universidade sem autonomia e guiada pela lógica do setor privado, o Future-se  foi  lançado pelo Ministério da Educação em 17 de julho com a proposta de que universidades sejam administradas por OSs. Polêmico, o programa traz à luz o risco da privatização do ensino e a perda da autonomia universitária. 

“A comunidade local precisa ser esclarecida sobre os riscos, os perigos e tudo aquilo que está por trás da minuta de projeto de lei”, destaca o presidente da Adufes, José Antônio da Rocha Pinto. Da mesma forma, a secretária-geral do ANDES-SN, Eblin Farage, avalia que embora a proposta esteja sob consulta pública e, posteriormente, serão apresentadas as mudanças na legislação, todo o projeto foi construído sem diálogo algum com a comunidade acadêmica e os reitores das universidades e institutos federais. "É um projeto extremamente autoritário construído sem diálogo, imposto de cima para baixo".

Café com Prosa. Além do debate na sede da Adufes, a categoria está convidada para outra palestra que ocorrerá na manhã de quarta-feira, também sobre o Future-se, na sede do Sintufes (campus Goiabeiras), em Vitória. O palestrante será Flávio Sereno, mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública e coordenador-geral do Sindicato dos Técnicos-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino de Juiz de Fora (Sintufejuf). “Será um café com prosa, sendo que a palestra será iniciada às 9h. Temos que nos unir para lutar contra esse projeto que representa a privatização de nossas universidades”, ressalta Wellington Pereira, da coordenação do Sintufes.

Fonte: Adufes 

ANDES